Carlos Henrique de Castro Magalhaes, Advogado

Carlos Henrique de Castro Magalhaes

(8)Rio de Janeiro (RJ)
4seguidores12seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Advogado
Carlos Henrique Bitencourt de Castro Magalhães (1970, Rio de Janeiro), concluiu ensino médio em 1.988 no Colégio Militar do Rio de Janeiro, graduando-se (1993) em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da UFRJ. É Especialista em Direito do Trabalho pela UNESA. (2002), Especialista em Direito Civil e Direito do Consumidor pelo Centro Universitário da Cidade (2003), e Especialista em Docência do Ensino Superior pela UCAM (2.006). É Advogado.

Principais áreas de atuação

Direito Penal, 20%
Direito do Trabalho, 20%
Contratos, 20%
Direito de Família, 20%
Direito Previdenciário, 20%

Primeira Impressão

(8)
(8)

8 avaliações ao primeiro contato

Comentários

(2)
Carlos Henrique de Castro Magalhaes, Advogado
Carlos Henrique de Castro Magalhaes
Comentário · há 4 anos
Niilismo com mais niilismo? Os átomos caindo caoticamente com mais esforço para que tudo caia caoticamente (Epicuro)? O que Nietzsche faz é, na linguagem de Zaratustra, "escrever novas tábuas sentado em meio a tábuas quebradas"! Isso é gnosticismo, o velho vício, a ideia de que é pela destruição que se faz o novo. Isso é movimento revolucionário - não é a toa que a destruição hoje no Brasil é feita pelo partido da mesma tradição cultural de decadência de Nietzsche. No final, Nietzchie é um baita medroso, acuado pelas ideias de Darwin, e com interpretes sob o influxo de Freud, sua poesia revela a fragilidade psíquica e emocional do homem que tem a vida organizada a partir do Estado. O deus morto dele não é o Deus da Bíblia, ou da tradição judaico-cristã, mas o deus da igreja estatal, com o horizonte intelectual, moral e espiritual limitado pelo Estado contingente do homem sempre a favor daqueles que o dominam. As tábuas velhas quebradas são os preceitos sociais, morais e espirituais desse Estado aristocrático - inclusive aristocrático no sentido de burocracia meritória. Em Vontade de Potência ele expressa sua revolta com isso - inclusive a revolta pessoal de não ter podido prosseguir na campanha militar da guerra franco-prussiana, pois para ele o "Guerreiro" era a única coisa que prestava na Prússia. A capacidade dele de tornar objetivo esse fenômeno é que o destaca - mas é justamente em cima disso que o III Reich explora o espírito militarista na construção do Nazismo.
Definitivamente, não posso crer - mesmo em poesia - que a solução para o non sense que o Brasil vive; e que caracteriza o estilo de vida da burocracia aristocrática brasileira - seja mais niilismo...

Perfis que segue

(12)
Carregando

Seguidores

(4)
Carregando

Tópicos de interesse

(13)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Rio de Janeiro (RJ)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Carlos Henrique de Castro Magalhaes

Rua Barão de Mesquita 133 sobrado, parte - Rio de Janeiro (RJ) - 20540-005

Rua Barão de Mesquita 133 sala 206 - Rio de Janeiro (Estado) - 20540--005

Entrar em contato